Scroll Top

Destaques Notícia

Dicas para comprar um carro usado

Dicas e cuidados básicos para comprar um carro usado com segurança. Evite surpresas desagradáveis na hora de comprar seu carro usado!

PUBLICIDADE

Dicas para comprar um carro usado

Trocar de carro nem sempre é um tarefa simples, pois como todos sabemos, é necessário tomar alguns cuidados básicos para evitar sermos enganado e acabar levando gato por lebre.

Além da parte mecânica, existem outros cuidados que devemos ter como conferir a documentação, multas, dívidas, etc. Para te ajudar, nós separamos as principais dicas dos cuidados que devemos ter na hora de comprar um carro usado, confira:

Cuidados ao comprar um carro usado

1 – Test Drive

Se ao comprar um carro zero a primeiro coisa que você quer fazer é um test drive, por que com um carro usado seria diferente? Aliás, esse procedimento é mais que necessário na hora de comprar um usado ou seminovo. Porém, rodar por alguns minutos com o carro não será o suficiente para uma compra segura.

Lataria e Motor

Certifique-se de que o carro não sofreu nenhuma colisão que possa ter afetado a parte estrutural. Para isso observe o veículo, de preferência limpo e seco, em algum lugar bem claro, e procure por diferenças na pintura que denunciam acidentes no passado. Veja se a lataria possui pequenos amassados, se há diferenças entre as portas, os parachoques e o teto do veículo. Caso você encontre uma parte do veículo que esteja suspeita, dê pequenas “pancadinhas” com os dedos no local para verificar se o barulho é diferente, o que denuncia que foi colocado massa plástica para esconder um amassado.

Ao testar o veículo preste atenção ao barulho do motor. Verifique se ao acelerar o carro da algumas engasgadas, isso pode indicar que o motor está com problemas. O ideal é lever o carro até um mecânico de confiança para uma melhor avaliação do motor.

Veja se o carro não foi danificado por uma enchente

Infelizmente no Brasil é comum os carros acabarem danificados pelas enchentes. Para tentar detectar se o carro que você está interessado passou por isso, procure por impurezas e barros depositados em lugares pouco expostos. O cheiro do carro também pode denunciar. Outra forma efetiva de verificar isso é através do estado do estofamento dos bancos e do carpete. Caso o tecido estiver estragado, o carro pode ter sido vítima de uma enchente ou possui problemas de vedação.

Cuidado com hodômetro adulterado

Alguns proprietários e vendedores de má fé costumam baixar a quilometragem no hodômetro para enganar o cliente e conseguir vender o carro por um preço maior. Faça uma média de 12.000 km por ano do veículo, ou seja um carro com dois anos de uso teria rodado aproximadamente 24 mil km, um carro com 5 anos 60 mil, etc. Caso o veículo apresente números muito abaixo ou acima, questione o porque com o vendedor.

Documentos

Verifique se o nome constante no documento é o mesmo da carteira de identidade do vendedor. Caso não seja, procure o proprietário antes de fechar o negócio. Veja se não há  multas com o DSV e o Detran. Certifique-se que o número do chassi do documento confere com o número fixo no compartimento do motor.

Veja no site do Detran se a placa do carro é verdadeira, confira se o documento do veículo é verdadeiro. Para quem não possui experiência, o ideal é procurar uma empresa especializada em vistorias de veículos, normalmente não irá custar mais de R$ 100.



Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.